5.5.09

Arte no computador

No processo de arte final, dependendo do tipo de trabalho, o computador
chegou pra dar mais praticidade mesmo. Se economiza um tempo danado em não ter que ficar montando arte, máscaras, tiras as máscaras, pintar nas áreas, recolocar as máscaras, esperar a tinta secar, lavar pincel, aerógrafo, godê, etc. Quando se mancha um layout a colorização no computador também é uma opção razoável, já que você economiza tempo pois não vai ter que ficar abrindo tinta, lavando pincel, etc.

Mas pra isso ser viável a coisa mais importante é ter uma Tablet, no mouse só dá pra fazer desenho vetorial e olha lá...

Além do mais, é difícil alguém desenhar direto no computador desde o rascunho, existe gente que faz, mas pra isso é preciso ter destreza e alguma experiência.

Eu já vi casos de pessoas que estão iniciando que acham que o computador resolve tudo, basta fazer no computador que não se precisa mais estudar treinar, etc. Isso é MENTIRA! Computador é somente mais um instrumento de trabalho, assim como já foi o aerógrafo e a letraset. Desenho é feito na mão, e só dá pra se desenhar no computador quando se tem domínio do desenho na mão.

Tanto é assim que ainda hoje muita gente usa o bom e velho ecoline, ou guache, tinta acrílica, aquarela, ilustra em tela, no Canson, no Fabriano ou na tela, ou em qualquer outro papel, é por isso que ainda hoje se usa pastel, lápis de cor, caneta, lápis dermatográfico, mesa de luz.

Principalmente pra quem está começando, eu recomendo que se desenhe TUDO na mão, com materiais reais e de qualidade. A sensação de se utilizar um bom material é indescritível, traz a quem experimenta uma vivência muito mais rica do que no computador.

Pode ser que em muitos trabalhos, pela praticidade valha a pena trabalhar direto no computador, mas para se formar, ainda não inventaram nada melhor do que o bom e velho material de desenho convencional.

Um comentário:

  1. Posso acrescentar uma coisinha?

    Trabalhar no computador te dá mais experiência para trabalhar no computador.

    Embora alguns softwares simulem toda uma gama de meios de pintura como giz pastel, lápis, aquarela, tinta óleo, guache, aerógrafo e muito mais, é possivel transportar muito pouco desse aprendizado para o mesmo meio no mundo real.

    Desenhar, pintar, colorir e trabalhar com as ferramentas reais é uma experiência de valor incalculável para entender o funcionamento e aprimorar o uso das mesmas ferramentas, simuladas dentro dos softwares de ilustração digital.

    É só.

    ResponderExcluir

Deixe seu recado, faça sua observação, crítica ou sugestão.

Visitor IP Address Country

Art of the Day