21.3.05

Voces ja viram?

Uma vez me mandaram um email contendo imagens de grafitis que foram feitos na França, Eram maravilhosos!
Enquanto isso, nas ruas de São Paulo, a gente vê esses grafitis que são verdaderiros garranchos. Basta andar um pouco pelas ruas do Brás que vocês vão saber do que eu me refiro. Muitas vezes eu acho que é a ?base? da arte popular que transmite ao povo a importância que ela deve ter e é justamente por isso que no Brasil desenho é considerado em termo gerais como algo sem importância e sem beleza.

Historias em Quadrinhos no Brasil

Eu não conheço ninguém no Brasil que faça quadrinhos para o mercado nacional e sobreviva disso. Se não se sustenta, então quadrinho no Brasil é algo mal sucedido. Pra mim, ser bem sucedido é ter condições de colocar comida na mesa. Eu, sinceramente não sei se a revista Chiclete com Banana dava algum lucro ou se a Piratas do Tietê também dava, mas com certeza a única que teve condições reais de dar algum lucro foi a Chiclete com Banana e ainda assim porque era somente um cara que fazia tudo.

Até aonde eu sei o Front deve-se mais à coragem dos que a fazem do que pelo lucro que a revista gera. História em Quadrinhos no Brasil sofre do que eu chamo de "Mal do Gibi", que é aquela idéia que esse tipo de arte é voltada para crianças e adolecentes babacas que não tem o que fazer. Um garoto que lê HQ no Brasil é tido como um ser estranho, enquanto que alguém que assiste novela é considerado uma pessoa normal. Vejam a que ponto chegamos!

Porque isso é assim no Brasil?

Porque a única coisa que foi pra frente em HQ no Brasil foi Turma da Mônica e Superherói importado dos EUA, e, cá pra nós, fica difícil alguém com bom senso acreditar que um bando de marombados usando cueca por cima da calça seja sério...
Quem ta fora desse círculo consegue ver o quanto é ridículo, assim como quem tá fora do círculo de novela vê o quanto é ridículo uma histórinha que a única coisa que interessa no fim é saber quem fica com quem. Só que nessas últimas décadas a novelinha viciou muito mais gente e hoje dá lucro. Nesse meio tempo a HQ brasileira ficou pra trás e não adianta chorar pelo leite derramado, agora, quem quiser fazer HQ no Brasil e ser respeitado deve trabalhar sério, trabalhar muito e como se isso não bastasse tem que lutar contra tudo e todos.

Tem que mostrar seriedade nas histórias, um bom desenho, tem que saber transmitir a sensação de uma cena e seu desenrolar, tem que saber envolver o leitor, ter um tema que seja de interesse das pessoas e não que seja somente de interesse do próprio quadrinhista, e tem que esperar que a população consiga ter uma boa imagem com relação ao quadrinho nacional, meio como o cinema nacional teve que fazer desde o final da ditadura.

Pena que para isso, é preciso que tenha gente disposta a tomar muito prejuízo ou até passar fome para chegar lá e, particularmente, eu não estou disposto e comprar essa briga. O máximo de briga que eu compro é com ilustração, isso porque eu já tive a minha formação e já consegui um cantinho ao sol. Eu luto para ajudar a melhorar as condições e a situação da Ilustração no país já que isso mantém algo que já existe.

Infelismente quanto aos Quadrinhos, isso é uma tarefa para quem não tem problemas finaceiros, pelo menos atualmente, precisa ser feito por quem ainda dependa dos pais ou então quem tem muito dinheiro e não precise de lucro imediato para garantir o seu sustento, já que a situação da HQ nacional é quase nula.

Eu torço para os corajosos e desejo toda a sorte do mundo para os que lutam para melhorar essa situaçãoe gostaria sinceramente um dia chegar a este blog e escrever um texto reconhecendo que eu estava enganado quanto a
situação da HQ no Brasil.

Um pequeno (longo) comentario

Temos no Brasil uma população absolutamente perdida, ignorante, sem acesso à nada, que mal sabe escrever seu próprio nome, com uma sociedade sem nenhum valor agregado, onde o cara que tira vantagem sobre os outros é valorizado. Um sistema de educação que não educa ninguém. Um grau insupotável de corrupção em todos os níveis. Com os meios de comunicação mais interessados em viciar as pessoas do que em esclarescer, porque segundo os que estão "por cima" o povo burro é como uma manada que obedece e é beem mansinha.

Agora imaginem se a situação no campo das artes são melhores do que tudo isso? Infelismente não, esse grau caótico de supervalorização do que não tem tanto valor e de subvalorização do que tem valor é apenas um reflexo do resto.
Frazetta é um mestre, assim como tantos, só que alguém o imitou e alguém viu esse cara e achou que ele era o mestre, e o imitou e esse fato se repetiu inúmeras vezes até que a coisa virou uma bagunça. Seria a mesma coisa que tirar uma xerox de uma xerox de uma xerox, na última mal dá pra saber do que se trata o desenho.

No Brasil o que se entende por desenho é o que se vê em televisão e nas bancas de jornais, e o que se vê nesse lugares?? Na televisão, quase nada,
Às vezes até tem algo interessante, mas a quantidade de Dragonball, Superherói e o escambau é esmagadora, hoje em dia nem mesmo um Pato Donald é possível se ver na TV, e olha que se trata de um mísero e simpático Pato Donald. Nas bancas é a mesma coisa, uma enchurrada de mangá, de superheróis marombados e quase nada de resto. Resto é resto. Até que saem algumas coisas legais em algumas revista e principalmente em livros, mas que lê essas coisas? O povão não lê! Afinal, o povão mal sabe assinar o próprio nome.

Então vocês podem pensar: Ah, então vamo fazê merda pro povo comprááá!!!
O povo na verdade é ignorante e não burro. A diferença entre um e outro é que o ignorante não teve oportunidade de aprender e o burro não quer aprender.

Mas mesmo entre os mais toscos e humildes existe uma fascinação pela beleza da arte. Um carinha de favela sabe quando está num lugar bonito e quando está num lugar feio. Sabe quando vê um rabisco e quando vê uma obra de arte.
Sabe quando ouve uma músiquinha do Zezé di Camargo e Luciano e quando ouve Beethoven. A diferença é que esses pobres coitados engolem porcaria todo santo dia e chega uma hora que eles nem sem importam mais com o gosto ruim
da porcaria. No dia que aparecer um prato refinado eles terão problemas de digestão. Eu já tive a oportunidade de ver a magia que uma pessoa humilde vivencia quando ouve uma boa música ou quando se depara com uma obra de arte. É como se estivessem saindo do inferno e indo parar no céu. Faz bem pra eles, eles se sentem leves. É pena que muitos, pelo tanto de inferno que já vivenciaram acreditam que não são merecedores disso tudo.
Ninguém merece! Literalmente.

E é justamente o fato de eu perceber esse "reflexo" que muitas vezes eu me irrito com mulheres peitudas e mangás. É porque entre quem faz algo de bom e as pessoas comuns existem os verdadeiros burros, que decidem o que é bom sem nunca saberem o que é bom, decidem quem vai ser a bola da vez e o resto que morra de fome. É o cara que quer explorar, que quer gastar pouco para ter o máximo de retorno, mas é incapaz de ver qualidade de vida, melhora no padrão de vida das pessoas,é incapaz de ver uma sociedade mais organizada e mais produtiva, pessoas que sabem mais e participam mais, pessoas com ganho maior e com capacidade maior de movimentação da economia e que aonde todos ganham ninguém perde, só que aonde somente alguns ganham, pode ser que ninguém ganhe nada.

Enquanto isso, os garotos e garotas que sonham em um dia desenharem se matam de tanto desenharem heróis marombados e mangás, mas se você analizar a fundo isso foi tudo o que eles puderam conhecer na vida. Nem adianta descer a lenha nos coitados que a parcela de culpa deles são ínfimas. O que nós fazemos e que devemos sempre fazer é: trabalhar, esclarescer, divulgar, nos unir e não desanimar. É um trabalho de formiguinha, eu sei, mas se a gente trabalhar como as formigas trabalham, vocês podem imaginar o tamanho que o nosso trabalho poderá tomar.
[]'s
Flavio Roberto Mota

Ilustrador
11 3276 2956
11 9634 6856
http://www.flaviormota.kit.net
ICQ 61641833
AIM flaviormota

19.3.05

Verdade X Paz

Nem sempre podemos conciliar a paz que tanto desejamos com a verdade. Isso acontece porque o ser humano é acomodado por natureza. Geralmente só se meche se for importunado, só procura evoluir se estiver sofrendo.
A gente precisa aprender a desejar crescer, evoluir, ensinar e a trabalhar, contruindo um mundo melhor para todos sem que a gente precise sentir na pele essa necessidade.

A vida pode estar muito boa para nós mas ainda assim tem gente que precisa de uma mãozinha para conquistar um lugar ao sol. Se a gente se isolar, só pensar no que é melhor pra nós e ignorarmos os outros, pode ser que um dia sejamos nós que estaremos precisando de ajuda. Então não vai adiantar nada a gente reclamar que ninguém nos estende a mão.
Quando a gente sai em busca de algo que satisfaça as nossas necessidades, aprendemos mais e adquirimos um pouco mais de conhecimento à respeito da verdade. A verdade existe, só que a gente vai conhecendo ela aos poucos, conforme a gente se esforçar.

É por isso que a gente dificilmente vai conseguir viver em paz, porque o que nós consideramos "paz" é, na maioria das vezes "preguiça".
Até mesmo Jesus disse que não veio trazer a paz, mas a espada. Talvez isso já seja uma dica que o nosso conceito de paz é meio furado.

Recadinho para os Deputados

Hoje eu resolvi soltar o verbo.
Olha o email que eu mandei para os Deputadoes em Brasília:

Que vergonha, Sr.s deputados!
Dando um jeitinho para ganhar mais dinheiro! Se vcs pelo menos trabalhassem ainda va lá...
Vocês nos envergonham.
Porque vocês não criam vergonha na cara e resolvem de uma vez por todas diminuir os impostos que nós, contribuintes trouxas pagamos para sutentar você que ficam aí, coçando o saco, roubando, porque TODOS vocês ao fazerem o que fizeram provaram que são LADRÕES!!

Vocês são responsáveis pela miséria que o povo passa, bando de egoístas!
Todos aquele que amargam o desenprego, a fome, a falta de perspectiva de um futuro melhor e mais justo sofrem porque vocês não estão nem aí para o sofrimento da população.
Todods vocês são os algozes de uma nação inteira.

Se vocês quizessem mesmo o bem das pessoas não iriam ficar enfurnados em gabinetes, iriam fazer a caridade.
Eu tenho NOJO de vocês!!
Espero que os Sr.s consigam dormir bem à noite porque se eu estivesse ocupando a posição que os Sr.s ocupam não teria a paz na consciência.

Faça como eu, seja uma pedra no sapato dos Parlamentares!
Eles Merecem!

Visitor IP Address Country

Art of the Day