27.2.09

Alguém Tem Que Fazer Alguma Coisa!!

É impressionante ver como entre as pessoas, não importa qual seja a sua profissão, não importa qual seja a sua origem, não importa qual seja a sua raça, o seu estado civil, a sua religião, a sua formação ou a sua região aonde more, uma coisa é certa: Ninguém gosta de fazer a sua parte para contribuir na melhora do mundo em que vivemos, apenas se a "sua parte" se limitar a algo bem fácil e simples, caso contrário, que o mundo morra.

E o curioso também é ver que apesar dessa postura bastante "confortável", na hora em que as injustiças do mundo aparecem, invariavelmente, ao invés de relfetir e perceber que apenas está sofrendo as consequências de sua própria indiferença, as pessoas que se comportam assim começam a levantar burburinhos, reclaminhos, protestos e indignação, e, uma vez na vida, essas pessoas percebem que são "macho" e ensaiam alguma ação de ser humano responsável. Mas, claro, até a página dois...

Pois sempre, no auge da indignação, quando todos aqueles que veem a situação de fora pensa que essas pessoas irão se levantar e, enfim, depois de um looooongo e tenebroso inverno irão empunhar ferramentas e colocar as mãos na massa, ei sque esse seres umbralinos dizem quase em coro: ALGUÉM TEM QUE FAZER ALGUMA COISA!

E continuam, dizas e dias, passam inclusive noites em claro, chamam a TV, rádio, internet, criam campanhas "caprichadinhas" e levam o lema "Alguém tem que fazer alguma coisa!" até os anais da história (anal mesmo, uma m$#@!).

Então vemos um tremenda mobilização, muita gente seguindo líderes de segunda linha empunhando a bandeira de liberdade, justiça e prosperidade. Movem céus e terras, mostram ao mundo um desfile de boas intenções e um suposto novo estilo de vida, até que aos poucos, cada um pela sua autopromoção arranjam grandes propostas de emprego, ou uma graninha legal para garantir que fiquem todos quietinhos, isso, quando no meio deles não aparece algum doido realmente sincero, que não irá aceitar desviar seu objetivo, mas que será facilmente tirado de circulação por alguma bala de chumbo ou alguma ruína financeira.

E, passado a tempestade, todos se realocam felizes e satisfeitos em seu quinhão de vida, de acordo com o mérito e sordidez ou renúncia de cada um e o que realmente muda?

NADA.

E porque tudo isso (supostamente) acontece dessa forma?

Porque ALGUÉM TEM QUE FAZER ALGUMA COISA, mas na verdade ninguém faz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, faça sua observação, crítica ou sugestão.

Visitor IP Address Country

Art of the Day