13.2.09

Sobre Model Sheet

Não existe uma padronização no serviço de model sheet, mas existe uma base do que todo model sheet precisa ter.

Basicamente um model sheet precisa ter uma folha contendo o personagem de frente, perfil, três quartos de frente e de costas e também de costas, além de uma página contendo algumas expressões corporais e outra com expressões faciais.

Isso é o básico do básico. Em casos de model sheet com preços mais em conta, isso pode rolar numa boa.

O ideal é que as posições do personagem esteja em um cânone que marca proporção do personagem tendo como base o tamanho da cabeça, e também uma montagem do rascunho para se chegar ao desenho final em todas as posições.

Também um model sheet ideal precisa ter estudo de aplicação de cores, com cor chapada, degradê, aplicação de cores em RGB. CMYK, Pantone, etc.

Alguns casos também se fornece algumas artes já prontas para o cliente utilizar (mas isso depende da negociação feita).

Também existe a opção do style guide que é mais complexo ainda, que é um guia de utilização do personagem, seguindo os moldes de utilização de uma marca. Ou seja, utilização em fundo branco, preto, colorido, em foto, utilização em traço em cores, utilização com estampas e por aí vai.

Cada um desses trabalhos é uma coisa à parte, criação não necessariamente precisa ter fornecimento de model sheet. Se você está criando sob encomenda, uma ilustração já passa a idéia do personagem, o model sheet vai padronizar e permitir que mais pessoas possam utilizá-lo. E o style guide já é uma coisa a mais.

Embora possa parecer que para criar o personagem não haverá trabalho, esse é um engano muito comum, principalmente entre o pessoal mais inexperiente, pois para se fechar em um personagem, muitas vezes você terá que fazer inúmeros estudos, primeiro à lápis, para apresentar o traço ao cliente, o estilo do desenho, detalhes do personagem que imprimam as características psicológicas do personagem e assim por diante. Uma vez que o personagem com seus detalhes e o estilo da ilustração do personagem estiverem ok, então você finaliza. Esse trabalho poderá levar mais de um mês para ser feito, desde que se observe TODOS os parâmetros necessários para a criação do personagem.

O Model sheet, então passa a ser outro trabalho, igualmente difícil e lento, mas não irá te exigir o mesmo grau de criatividade e de testes quanto na criação.

O Style guide, ao meu ver já é um trabalho mais complexo ainda do que o model sheet.

Só para que as pessoas tenham uma idéia, não é incomum demorar dois meses para se criar um personagem ou quatro meses para além de criar o personagem montar um model sheet e até ultrapassar esse prazo, caso você também tenha que montar um style guide.

Outra coisa, ao contrário do que bastante gente possa pensar, model sheet e style guide não é frescura não, tem uma grande utilidade, mas somente compensa fazer quando o cliente já tem um planejamento sólido de aproveitamento do personagem. Caso contrário até mesmo a criação de um personagem sob encomenda se transforma numa perda de tempo e dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, faça sua observação, crítica ou sugestão.

Visitor IP Address Country

Art of the Day