30.9.10

A Mosca

Eu sou a mosca que pouso em sua sopa
Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar
Eu sou a mosca que perturba o seu sono
Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar...

E não adianta vir me detetizar
Pois nem o seu DDT pode assim me exterminar
Porque você mata uma e vem outra em meu lugar...

Tá vendo amiguinho?

O que te desiquilibra não são minhas palavras, mas o fato é que minhas palavras estão recheadas de verdades que sua consciência vive te apontando, mas você ignora.

Minhas palavras são apenas o eco daquilo que você não pode esconder. E vive querendo esconder.

O tempo passa, a verdade vai aparecendo, e o pior, vai se destacando.

Eu não preciso fazer nada para que a realidade desponte, não vou perder meu tempo.

Mas saiba, eu sei quem você é.

Não sou seu inimigo.

Não tenho raiva de você.

Eu apenas sinto pena, de tanto rancor, tanto preconceito, tanto orgulho e vaidade que existe em seu coração.

Você fica doente cada vez que corre o risco de ser descoberto em público na sua verdadeira essência, por isso não consegue se controlar.

Seria muito mais útil para você conhecer sesu próprios defeitos para que, com força de vontade, você se aplique em transformá-los em qualidades.

Eu te perdôo, pois sei que eu também não sou perfeito. Eu tenho meus defeitos, são muitos e erro constantemente.

Mas procuro aprender com meus erros.

Até hoje eu não sei porque você é tão legal com todos, mas age sempre como se quisesse ser meu inimigo, meu maior inimigo.

Minha pessoa te incita inveja?

Minha presença te incomoda?

O fato de eu existir é motivo para sua infelicidade íntima?

Porque você quer tanto me destruir e destruir todas as coisas que eu construo com tanto afinco?

Eu sou, por acaso, algum câncer que precisa ser extirpado?

Eu sou, por acaso, algum animal selvagem?

Esse é o meu perfil?

Ou será que você enxerga em mim aquilo que você vive escondendo em você mesmo?

Eu não desejo o seu mal, mas isso não significa que eu vou começar a passar a mão em sua cabeça.

Eu não vejo em você uma ameaça a minha existência nem aos meus interesses, pois eles são sinceramente desprovidos de egoísmo.

Mas você não acredita em mim.

Não tem importância, eu não sou obrigado a provar nada para você.

Apenas aceite a minha personalidade como eu sou, da mesma maneira como eu aceito a sua.

Eu, sinceramente agradeço a Deus pela sua existência, pois toda tentativa que você faz para me prejudicar é uma prova para que eu saiba o que é realmente importante nessa vida, para que mesmo com pessoas que me odeiam, eu não envenene o meu coração.

Mesmo assim, minhas orações muitas vezes são endereçadas para você, pois deve ser muito sofrido ter o coração assim tão envenenado por sentimentos tão pouco nobres.

Mas eu tenho certeza que um dia tudo isso será passado, eu tenho certeza que um dia você será uma pessoa diferente. Um dia ainda haverá amor no seu coração.

E você então vai ver que eu nunca estive errado, nunca quis seu mal.

Eu não farei mal algum, mesmo quando você fizer coisas que permitam eu te atacar, eu te desmoralizar, eu não farei isso, pois eu não quero seu mal.

Você já deu inúmeras oportunidades para ser desmascarado, desmoralizado na frente das pessoas, mas eu nunca quis fazer nada de ruim para você, e não fiz.

Você ainda acha que manda nas pessoas, na consciência das pessoas, que a sua palavra é a última palavra, é a sentença final, mas não é.

Muitas pessoas olham para o seu comportamento com pena de seu ego, e apenas permitem que você se manifeste com toda sua imponência, todo seu preconceito, toda sua arrogância com dó. Você, na sua cegueira não percebe que todos estão vendo seus defeitos escancarados, acha que todos admiram seu peito inchado e seu coração vazio.

As pessoas percebem que quando você ataca alguém, falta em você respeito ao próximo, você é capaz de chafurdar na lama, não demonstra piedade de ninguém, em atitude típica de bárbaros.

Diz para mim que eu sempre acabo estragando tudo, mas quem acaba estragando tudo, afinal de contas?

Não vê que age exatamente da mesma maneira como você diz que as outras pessoas agem?

No entanto, eu não tenho raiva de você. Sei que você precisa de uma mão, de um amigo, pois eu sei que você não os tem.

Uma pessoa que age dessa maneira pode ser cercada de admiradores, mas eu espero que um dia você perceba que a maioria deles apenas esperam um momento de descuido seu para lhe aplicar um golpe pelas costas.

Porque você faz por merecer isso. Mas ainda é tempo de modificar isso tudo.

Se desarme.

Eu não estou aqui para te fazer mal algum.

Eu estou aqui para cumprir meu papel.

Papel esse que você não compreende.

Eu sei disso, e sei que é justamente pelo fato de você não compreender que você sempre procura me fazer tanto mal.

Mas um dia você irá despertar.

E sua consciência será sua verdadeira inimiga, e não eu.

Quando isso acontecer, provavelmente eu nada ou quase nada poderei fazer. Mas tenha certeza que se eu puder fazer alguma coisa, jamais será um golpe de misericórdia em você.

Fica com Deus.

Visitor IP Address Country

Art of the Day