17.12.10

Concursos Abusivos

Pergunta: O que você acha desse pessoal que topa concursos e contratos abusivos?

Resposta - Acho que eles agem como se fossem suicídas. Só que com isso eles acabam arrastando quase que o mercado inteiro pro suicídio. E isso é ruim.

Não posso aceitar esse comportamento, porque ele é absurdo e porque esse comportamento deixa graves sequelas no nosso mercado.

Tem muita gente que finge não ver as sequelas deixadas por esse comportamento, mas isso não faz com que a aceitação de toda norma abusiva profissionalmente não seja um grande veneno para todos nós que vivemos de ilustração.

Muitas pessoa hoje em dia encontram dificuldades para conseguir trabalho, estágio, emprego justamente por consequência desse tipo de atitude, mas jamais conseguiu perceber isso.

É como o boyzinho maconheiro que acha que a violência está demais. Quer que a polícia, a sociedade faça alguma coisa para protegê-lo da violência, da criminalidade, mas não percebe que ao comprar o seu cigarrinho do capeta, ele está incentivando e capitalizando o crime organizado que depois vai atentar contra o bem estar dele mesmo.

Qual seria o motivo de tanta gente mesmo sabendo que as regras de um concurso é abusiva ainda assim ache vantajoso participar desses concursos?

Eu imagino que isso seja um dos sintomas do excesso de mão de obra na nossa profissão atualmente. Muita gente precisa trabalhar, gostaria de conseguir uma oportunidade no mercado e não consegue.

Então o que fazer?

Muita gente sabe que no começo não dá para pensar em dinheiro, aí entre não ganhar bem e não ganhar dinheiro nenhum é um pulo.

Sem contar que muita gente não tem uma consciência global de seus atos. Uma vez que uma empresa consegue trabalhos a custo zero, esse custo nunca mais irá voltar a fazer parte da planilha daquela empresa.

Pessoas que participam de concurso aonde cedem todo o material que enviou ao concurso está trabalhando de graça no final das contas.

Um concurso tem apenas um vencedor, apenas um trabalho será reconhecido, no entanto, todos os trabalhos serão cedidos. Isso é um absurdo sem tamanho. Você irá concorrer com centenas de outras pessoas numa probabilidade minúscula de sucesso e a única certeza que terá é que o material que você irá concorrer não será mais propriedade sua?

Que vantagem Maria leva?

Isso é uma lógica matemática, não existe qualquer comprovação de que um concurso assim seja vantajoso para alguém.

E mesmo se você for o vencedor, vai ganhar exataemtne oquê? Se você perdeu o direito sobre o seu trabalho? Vai ganhar dinheiro, prêmio e mais alguma outra coisa?

Vai ganhar prestígio? Fama?

Será?

Até aonde sabemos não existe no Brasil até hoje um único concurso em que o vencedor possa se considerar com o burro na sombra após vencê-lo. Não existe qualquer garantia de sucesso profissional.

Só existem riscos.

Sem contar que se cria uma cultura de participação em concursos abusivos e, em algum tempo aquilo que até então era considerado absurdo acaba sendo considerado banalidade, acaba rolando uma tremenda distorção de valores, e o trabalho em si acaba deixando de ter a importância que tinha, as pessoas vão deixando de dar a mesma atenção para o material que irá concorrer, o nível e quantidade de participação vai acabar caindo, e no final das contas o mais provavel de acontecer é que o concurso deixe de existir.

O que a princípio seria mais um meio de divulgação e valorização profissional pode virar pó. Perde que topa e perder que realiza o concurso.

Se esforçar para que os concursos sejam mais justos também é, por isso memso uma forma de ser lutar para que esses mesmos concursos perpetuem e ganhem importância.

Visitor IP Address Country

Art of the Day